Menu

Jornalistas brasileiros recebem homenagem no Japão

Compartilhar:

Noite foi de encontros, reencontros e novos projetos.

Quem sempre esteve na busca da informação, dessa vez virou notícia.
Na noite de sábado, 1o, foi realizada a 1a Homenagem aos Jornalistas e Mídias da Comunidade Brasileira do Japão, evento idealizado pelo jornalista Silvio Mori e realizado pelo Consulado-Geral do Brasil em Hamamatsu (Shizuoka) em parceria com o Portal Japão.
A comemoração foi alusiva ao Dia do Jornalista, celebrado em 7 de abril e instituída pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI).
Cerca de 80 pessoas participaram da festa, que aconteceu no Café Tournez La Page, em Hamamatsu. A apresentação foi de Vanessa Handa.
Os patrocinadores foram K.K. Eureka Japan, K.K. Casa da Sogra, K.K. Avance, K.K. OutSourcing, Aliena Corporation LLC, Hiro World LLC, K.K. Mundial Foods, Agência Itiban, K.K. Linda Store, Infi21, GK Service Center LLC, K.K. Matsuura Giken, Oriente Film e K.K. Kowa.

MPB e Bossa Nova

A noite começou com a apresentação de música popular brasileira e bossa nova, com a dupla Michele Costa e Edison Maisatto.
A cantora Michele Costa é Bacharel em Música, Canto e Arte Lírica, formação pela USP no Brasil. Ela atua na área musical como Preparadora Vocal, Regente de Coro, Produtora Musical, Pianista e
Arranjadora.
No Brasil fundou o Ateliê de Canto Michele Costa ̈, onde produz e prepara vozes profissionais e amadoras desde o ano de 2013.
Michele se mudou para o Japão há 9 meses e recentemente lançou seu novo álbum autoral nas plataformas digitais, chamado  ̈Intuição ̈.
E Edison Maisatto é músico autodidata, amante da Bossa Nova e da música popular brasileira. Atuou no Japão juntamente com a esposa, a cantora Cris Maisatto, durante mais de 20 anos.
Com ela apresentou-se no programa Entrance Concert, na empresa de televisão Nara TV, um programa de uma hora de música brasileira. A participação no programa ̈24 Televison ̈ é equivalente ao  ̈Criança Esperança ̈ do Brasil.
Com o produtor Sussumu Asakura sempre nos bastidores, culminou com a gravação de um CD da esposa Cris Maisatto, intitulado ̈Falando de Amor ̈, apenas com músicas de Tom Jobim, com
participação especial do Maestro e pianista francês Gilles Gambus, da extinta Orquestra Paul Mauriat.

Vários projetos

O Cônsul Aldemo Garcia abriu os discursos da noite, lembrando que a iniciativa foi do jornalista Silvio Mori e de Elisa Nakakusu, do Portal Japão.

Ele disse que sempre procurou prestigiar a mídia comunitária.  ̈É muito importante para a informação da nossa comunidade ̈.
Há dois anos à frente do Consulado de Hamamatsu, agradecendo e elogiando a equipe ̈que resolve todos os problemas ̈ do órgão governamental, Aldemo afirmou que pode fazer um algo mais. ̈Isso
possibilita a gente criar e apoiar mesmo as ideias mais absurdas que aparecem. Em 2022, por exemplo, realizamos as Olimpíadas Escolares e o Brazilian Day Hamamatsu ̈, relembrou.
Aldemo agradeceu a presença da mídia japonesa ao evento, lembrando que antigamente haviam muitas notícias ruins sobre os brasileiros, mas que atualmente são publicadas várias menções positivas.
Também destacou projetos como o Espaço do Trabalhador Brasileiro; o Bossa Brasil, que procura trazer o melhor da música brasileira; os Jogos Escolares Brasileiros que vão acontecer em 22 de julho em Fukuroi; nos dias 16 e 17 de setembro haverá a segunda edição do Brazilian Day Hamamatsu, que já confirmou a presença de Lisa Ono no primeiro dia; a criação do coletivo Arte Brasil, com 30 artistas brasileiros participando de um catálogo que será lançado em dois meses; e o CD Bossa da Comunidade, cujo objetivo é promover os talentos brasileiros para o público japonês.
̈O mais ambicioso é o projeto Casa Brasil-Japão, um centro cultural. Os japoneses têm 400 centros culturais no Brasil, então vamos começar o nosso primeiro aqui, em Hamamatsu  ̈, comemorou Aldemo.

Mensagens

Em seguida, jornalistas que já passaram pelo Japão como correspondentes das principais emissoras do Brasil, mandaram mensagens em vídeo aos que ainda estão por aqui.
Márcio Gomes, ex-correspondente da Rede Globo e atualmente na CNN Brasil, falou da importância do trabalho jornalístico:  ̈Levar cultura, informação, comunicação, dicas de sobrevivência. O trabalho dojornalista é transmitir o que é importante ̈.
Cintia Godoy, correspondente da Record de 2013 a 2020, disse que tem saudades eternas do Japão e dos brasileiros.  ̈As matérias que eu mais gostava de fazer eram as com a nossa comunidade, que me deram o privilégio de ouvir e aprender ̈, agradeceu.
O jornalista Carlos Gil foi o próximo. Correspondente da Globo no Japão que cobriu pautas importantes por aqui, como a pandemia do Coronavírus e os Jogos Olímpicos de 2020 (realizados em 2021).  ̈Assim que possível voltaremos para abraçar todos os amigos que deixamos. ̈
Entre 2011 e 2013, André Tal foi o correspondente da Record no país, e ele aproveitou para engrandecer a profissão. Fernando Jordão, do SBT News, enalteceu o trabalho dos jornalistas e da
correspondente Erika Okazaki, uma das homenageadas.
Alberto Gaspar e outros três correspondentes lembraram das dificuldades do trabalho anos atrás, sem Google, sem telefone celular, com a internet primitiva. ̈Viva o Dia do Jornalista ̈, concluiu.

Discursos e emoção

O primeiro jornalista homenageado foi Osny Arashiro, atualmente blogueiro do site Japão Aqui. Mais tarde, numa rede social, ele disse:  ̈Foi uma oportunidade de reencontrar antigas amizades e colegas de trabalho. Agradeço também ao Cônsul Aldemo Garcia, o primeiro diplomata a lembrar da nossa profissão e nos homenagear, dando o exemplo de que trabalhamos por uma causa única e que a concorrência entre mídias é apenas sinônimo do bem informar ̈.
O discurso mais emocionante da noite foi da correspondente Silvia Kikuchi, desde 2020 na Rede Record de Televisão. Veterana, passou pela mídia impressa e digital. Ela agradeceu a homenagem e fez questão de falar, com lágrimas nos olhos, que não apenas os jornalistas deveriam ser lembrados neste dia.  ̈Quem está lá sentado, quem administra, quem cuida da
faxina, do dinheiro, da administração. Todo mundo faz parte desse jornalismo ̈, finalizou Silvia.
Neide Hayama tem mais de 30 anos de atuação no jornalismo, com experiência em rádio, jornal, revista, agência de comunicação, mídia social, podcast e assessoria. Ela também emocionou aos presentes, primeiro agradecendo ao Silvio Mori, que organizou a festa mas não pôde estar presente e lembrando da importância da comunicação:  ̈A ideia foi dele, que batalhou bastante, um cara genial. Dedico essa homenagem para ele. Numa conversa falamos que poderíamos nos unir mais. E assim surgiu a ideia. Vamos nos comunicar ̈, sugeriu.
Erika Okazaki, atual correspondente do SBT, se define como uma pessoa que nasceu com  ̈asas ̈ e que até agora conheceu 15 países. Em conversa com dois estudantes de jornalismo presentes à festa, eles falaram que uma pesquisa levantou que um dos cursos que as pessoas mais se arrependiam de fazer
era o Jornalismo. Erika sonhava em ser bioquímica, mas formou-se em Moda e depois em Jornalismo.  ̈Nunca imaginei
receber uma homenagem dessa, sabendo que posso ser ponte entre Brasil e Japão. É tão gratificante. Por isso tenho certeza que vocês (os estudantes) nunca vão se arrepender de se formarem jornalistas. Nunca esqueçam. O jornalismo é feito por pessoas e pode tocar o coração delas. Tenho certeza que vocês vão ter muita gratidão por essa profissão ̈, previu a correspondente.

Mídia japonesa

A mídia japonesa que trata de assuntos brasileiros também foi lembrada.
E três deles estiveram presentes ao Café: Hibino Tsumugi (Shizuoka Shinbun), Ohira Kaname (Asahi
Shinbun) e Watanabe Mayumi (Chunichi Shinbun).
Hibino confessou que, por causa da dificuldade da língua portuguesa, achou que não conseguiria cobrir a comunidade brasileira, mas foi bem acolhida e recebeu ajuda.  ̈Gostaria de continuar ajudando a comunidade e mostrar aos japoneses a importância dos brasileiros ̈, disse.
A jornalista Watanabe, que agora está trabalhando em Tóquio, afirmou que mesmo longe quer continuar dando espaço para a comunidade de Hamamatsu e região.
E Ohira afirmou estar assustado com a homenagem. No final de fevereiro, o jornalista conseguiu emplacar uma série de 4 reportagens com a comunidade brasileira, intitulada  ̈Vivendo no Japão ̈. Ele explicou:  ̈Não coloquei Trabalhando no Japão porque com a baixa natalidade, os estrangeiros estão realmente ajudando o Japão a se erguer novamente. Não apenas trabalhando, mas vivendo aqui ̈.

Mídias brasileiras

O trabalho árduo e com dedicação dos jornalistas não teria tanto retorno se as empresas não abrissem espaço para a divulgação das matérias, vídeos, podcasts. Por isso, a mídia brasileira no país foi homenageada pelo Consulado.
Arthur Muranaga, do IPC World, foi o primeiro a receber o diploma. Ele discorreu sobre a verdade e a mentira.
̈A verdade é apenas uma percepção. Todas as histórias tem dois lados. Jornalismo é escutar os lados e tentar levar algo que a gente acha que é a verdade. Fico feliz em ver que muitos jornalistas que passaram pelo International Press e pela IPC TV estão aqui ̈, afirmou.
Rosa Toyonaga, a diretora da Rede Record Japan, falou das dificuldades de manter uma mídia diária.  ̈E mesmo assim, conseguimos levar gratuitamente para a comunidade, as notícias do Brasil, entretenimento, superproduções ̈, afirmou. E ela não agradeceu apenas aos jornalistas. Assim como Silvia, a colega de emissora destacou a importância dos técnicos, pessoal do marketing, R7, jornalistas e todos que fazem parte da Record.
O podcast, mídia que vem crescendo nos últimos anos, também foi lembrado. Carlinhos Vilaronga, da Nabecast Podcast & Multimedia e um dos líderes do Coletivo Podosfera Nipo-Brasileira no Japão, recebeu a homenagem. ̈Nossa galera é formada por mães, pais, pessoal que sai do trabalho noturno (yakin) e ainda grava conteúdo de manhã para entreter e informar a comunidade brasileira ̈, pontuou.

Homenageados

A seguir, confira a lista completa dos prestigiados com o Certificado do Consulado.
Jornalistas: Silvia Kikuchi; Erika Okazaki; Gilberto Yoshinaga; Neide Hayama; Osny Arashiro; Fumio Almeida Hamasato; Alexandre Ezaki; Ewerthon Tobace; Anna Shudo; Roberto Maxwell; Fátima Kamata; e Thassia Ohphata.
Mídia brasileira: Emmanuel Cáceres e Aline Higa (Revista Guia JP); Hitomi Sano (Revista Boa Dica); Fernanda Tajima (Dia a Dia); Ricardo Tai (Alternativa); Celso Miguel Cardoso (Portal Mie); Rosa Toyonaga (Record TV Japan); Arthur Muranaga (IPC World); Milton Muranaga (Japão Aqui) e Elisa Nakakusu (Portal Japão).
Mídia japonesa: Hibino Tsumugi (Shizuoka Shinbun); Ohira Kaname (Asahi Shinbun); e Watanabe Mayumi (Chunichi Shinbun).
Honra ao Mérito: Cristiano Shiono (CastBRothers Podcast); Carlinhos Vilaronga (Nabecast Podcast & Multimedia); Macsael Oda (Crônicas do Japão); Kiyoshi Miyano; e Robson Scarmanhã.

Agradecimento aos patrocinadores: Gustavo Tobita (GK Service Center); Marcelo Hironaka (Hiro World); Paulo Lisboa (Mundial Foods); Jaqueline Mori (Linda Store); Luiz Tolesano (Eureka Japan); Nelson Saito (Presidente da Kowa); Geraldo Hirata (Kowa); Fernanda Moribayashi (Infi 21); Matsuura Masakazu (Matsuura Giken); Clayton Yugue (Aliena Corporation); Hasegawa Kazuo (Avance Corporation); e Takashi San (Outsourcing).

Press-release e fotos cedidas gentilmente por Alexandre Ezaki da Gaijin News.

Matérias relacionadas

Por: Redação
Segundo o edital atualizado em 20 de outubro de 2022, na página do Governo brasileiro - Ministério...
Por: Redação
O Movimento Brasileiros Emigrados (MBE) entregou no dia 25, em Tóquio, documentos com reivindicaç...
Por: Portal Japão
No aplicativo do Portal Japão você pode acessar a lista de Escritórios Regionais de Imposto e des...
Por: Redação
Ingredientes 500 g de batata-doce 2 colheres (sopa) de óleo de coco 4 colheres (sopa) de cacau em p...
Por: Redação
Cantor baiano (ex-banda Eva) é o convidado especial desta edição e vai somar junto com outros art...
Por: Redação
O Shiga Brazilian Fest acontecerá no Parque Kafuka em Shiga-ken Koka-shi, no dia 3 de dezembro de 2...
Por: Redação
O youtuber e comediante Whindersson Nunes demostrou gratidão do começo ao fim de seu espetáculo r...
Por: Silvio Mori
Marcelo Hironaka assume a entidade com a missão de união entre empresários Na noite desta quarta-...

Mais acessadas

Por: Redação
De Mulheres para Mulheres Será um encontro organizado pelo Grupo Mulheres do Brasil / Núcleo ...
Por: Redação
Doenças subjacentes são as que não são explícitas ou seja, visíveis. São doenças considerada...
Por: Redação
O Japão está subdividido em 8 regiões e sub-dividido em 47 prefeituras. As 8 regiões são: Hokk...
Por: Redação
Para candidatar-se a uma vaga de emprego no Japão recomenda-se que o candidato leve o currículo, e...
Por: Portal Japão
Kanji do Dia : Hou, Toyo - 豊 - Abundância, Prosperidade HOUFU - 豊富 - abundância, riqueza HOU...
Por: Portal Japão
Quem trabalha a mais de 1 ano no Japão já deve ter ouvido falar do tal do Gensen... Mas afinal das...
Por: Portal Japão
JPLT - N3 IKARI WO OSAERU - 怒りを抑える - reprimir a raiva GEKIDO - 激怒 - fúria, raiva OK...
Por: Vanessa Handa
Estrangeiros que residem no Japão devem contribuir para a previdência japonesa. Ao cumprirem as re...
Por: Portal Japão
Kakutei Shinkoku (確定申告) é o nome do procedimento da declaração de toda a sua renda durant...

Podcast

Todos os direitos reservados © 2023 Portal Japão
Home
Guia
Voltar
Menu
cross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram